17 maio 2016

Drawing Perspective - How to See It, How to Draw It | By Matthew Brehm

Super feliz com a recente publicação do livro Drawing Perspective - How to See It, How to Draw It, do querido Matthew Brehm, na qual participo com um passo a passo e mais alguns desenhos.
Agradeço ao convite de Matthew, que tive o prazer de conhecer no simpósio internacional de urban sketching de Lisboa, em 2011. Em 2013, no simpósio de Barcelona e depois em Paraty passamos boas horas juntos também. Admiro muito seu trabalho e sua didática - tive a oportunidade de participar de um workshop dele em Barcelona. Suas explicações são cristalinas (seu inglês também).
Esta é uma primeira postagem sobre o livro. Espero fazer em breve um review, como fiz com o livro do Marc Holmes. Depois quero falar mais sobre o passo a passo que eu fiz especialmente para a publicação.

Agradeço também ao fotógrafo Alessandro Couto, que me acompanhou durante a execução do desenho no Museu Catavento.
O livro está à disposição na Amazon.
 

14 maio 2016

Domaine Botanique

No início deste ano desenvolvi um trabalho para a Copema Empreendimentos, empresa atuante no interior de São Paulo, mais precisamente em Ribeirão Preto.
Já fiz um trabalho para a Copema em 2011. Veja neste link.
Foram 4 aquarelas dessa vez: Fachada Principal, Praça Privativa, Praça Pública e Parque Luis Carlos Raya.



13 maio 2016

1º Encontro Nacional Urban Sketchers Brasil!


Em abril, Curitiba se tornou a capital nacional de urban sketching!

Sob a tutela oficial do grupo Urban Sketchers, o movimento se consolidou definitivamente em Curitiba. Seus organizadores trabalharam muito ao longo do último ano com o intuito de realizar este que promete ser um marco das atividades do grupo no Brasil. Foram mais de 270 participantes! Um número incrível se levarmos em conta que o 5º Simpósio Internacional, realizado em Paraty - RJ (2014) juntou 250 participantes.
Foi tudo muito especial, a começar pela cidade, que é muito agradável e bonita. O clima estava ótimo: o tempo se manteve quente e firme durante todos os dias.
A abertura do evento se deu em um local bem estruturado, o Memorial de Curitiba, projetado pelo simpático Fernando Popp, um dos participantes do evento. Ao se credenciar, os participantes receberam brindes de diversos patrocinadores.
Fiquei muito contente em ter sido considerado e chamado ao palco, como um dos fundadores do Urban Sketchers Brasil, em 2011. O grupo hoje tem sido gerenciado com carinho pelo André Lissonger, Ronaldo Kurita e Thais Lima Machado Canavezes.
 Durante os 3 dias do evento, tivemos a oportunidade de conhecer, através de nossos traços, alguns locais famosos de Curitiba. A cada período os organizadores marcaram ponto de encontro em um desses locais, como o Largo da Ordem, Jardim Botânico e Museu Oscar Niemeyer. "Ponto de encontro" é uma expressão humilde demais para a proporção do evento! Estava mais para um 'rolezinho' ou 'flash mob'!
Eu produzi bastante, entre bom papo e muitas, muitas gargalhadas. Não poderia ter me hospedado em melhor local: em meu albergue estavam Marcos Bandeira, Jota Clewton, Osires Abreu, André Alves, Fernando Simon, Francisco Leocádio e muito outros sketchers. Ri muito. Me diverti muito.


















O 2º Encontro será em São Paulo daqui há um ano! Tenho certeza que será maravilhoso também.

Seguem agora meus desenhos realizados no evento.













Novas Turmas - Junho e Julho

Estou lançando novas turmas dos meus cursos!

DESENHO DE VEGETAÇÃO
  • 11, 18 e 25 de junho (sábados).
  • 09 às 18:00hs
O valor de cada módulo do curso de Desenho de Vegetação, à vista, é R$ 350,00.
Caso opte por fazer os demais módulos em sequencia (recomendável para melhor aproveitamento), obterá preços especiais:
- Módulo 1: R$ 350,00 (à vista, na reserva);
- Módulos1 e 2: R$ 600,00 (em até 2x, sendo 50% na reserva);
- Módulos 1,2 e 3: R$ 750,00 (em até 2x, sendo 50% na reserva);


DESENHO ARTÍSTICO DE ARQUITETURA
  • 22 e 23 de julho (sexta e sábado).
  • 09 às 19:00hs e 09 às 18:00hs respectivamente.
O valor do curso é R$ 600,00.
O pagamento pode ser feito de duas maneiras:
- À vista, com desconto de 10% (R$ 540,00), somente no ato da reserva ou;
- Até 03 parcelas de R$ 200,00, sendo a primeira no ato da reserva e as demais em cheque (30/60 dias contados a partir da data da reserva). Se preferir, o aluno poderá pagar o restante em dinheiro no primeiro dia do curso, diretamente ao instrutor.

DESENHO URBANO
  • 29 e 30 de julho (sexta e sábado).
  • 19 às 21:00hs e 09 às 18:00hs respectivamente.
O valor da Oficina de Desenho Urbano é R$ 350,00. (À vista, no ato da reserva)

***CONSULTE VALORES ESPECIAIS PARA GRUPOS (ACIMA DE 2 PESSOAS) E PACOTES PARA DOIS OU MAIS CURSOS!***

Para maiores detalhes SOLICITE INFORMAÇÕES por e-mail edubajzek@gmail.com

Dúvidas sobre o CONTEÚDO DOS CURSOS? Dê uma olhada aqui.

Obrigado e abraços!

13 abril 2016

Exposição "Desenho Urbano" em Indaiatuba - SP


Seguindo o ciclo 'itinerante', a exposição "Desenho Urbano" encontra-se a partir de agora, até o dia 15 de maio no SESI - Indaiatuba, de segunda à sexta das 09:00 às 19:00hs.
Visitei a exposição no SESI de Santos e adorei ver os desenhos à disposição de centenas de pessoas. Mais de 300 assinaram o livro de presença, a grande maioria estudantes do ensino médio e crianças.  Muito bacana!
Mais informações neste link.
Veja neste post mais sobre esse assunto.



Exposição "Traço e Música!" em Piracicaba - SP


A exposição "Traço e Música", que está circulando pela rede SESI - SP neste ano, está em cartaz no SESI de Piracicaba, até 15 de maio, de terça à sexta, das 10:00 às 17:00hs. Veja matéria publicada no Portal Globo.com.
Mais informações, neste link.
 

24 março 2016

Belmond La Samanna

No final do ano passado tive a oportunidade de realizar um trabalho bem interessante para a empresa de confecção de cangas BaliBlue! Tratava-se de uma encomenda especial do Resort Belmond La Samanna, localizado na ilha de St. Martin. A idéia era criarmos uma estampa para uma canga (sarong), para presentear os hospedes do hotel. Eles forneceram algumas fotos para escolhermos como tema para a aquarela. Fiz alguns croquis, como ilustrado abaixo.
Feita a escolha da foto de referência parti para a execução da peça, com 56 x 41cm.
Fiz uma base preparatória à lápis, já no tamanho final, onde refinei o desenho. Tive que buscar fotos na internet para conseguir entender os detalhes das construções, incluindo os bangalôs. Além disso, pesquisei bastante para poder desenhar as embarcações. O próximo passo foi planejar a pintura...preparei grandes quantidades de azul para o céu, verdes variados para a mata, e muito azul turquesa para o mar!
Uma delicia pintar essa aquarela...mesmo considerando os momentos tensos do processo, ao pintar grande áreas.

Que venham outras praias, outros mares, outros horizontes. Se não sentidos na pele, ao menos aquarelados no papel...


22 março 2016

Agora são 3 cursos!

Após duas turmas do Curso de Desenho de Vegetação, vamos voltar em abril com os demais cursos!
O curso de valorização de projetos chama-se agora Curso de Desenho Artístico de Arquitetura. Após algumas variações, acho que finalmente encontrei um nome adequado para este curso, que é 80% artístico (técnicas e conceitos) e 20% técnico (construção geométrica). O conteúdo do curso permanece o mesmo, lembrando apenas que a ultima aula foi desmembrada o que originou o Curso de Desenho Urbano.

Para ficar mais claro, hoje eu tenho 3 cursos diferentes:

Desenho Artístico de Arquitetura: 
  • Temática: Arquitetura;
  • Técnicas: grafite, nanquim, art markers e lápis de cores;
  • Fundamentos Principais: plano x profundidade, luz x sombra, perspectiva, e composição.
  • Abordagens: do todo para a parte, qualidades da linha (variações e usos), qualidades do plano (base e textura);
  • Duração: 2 dias inteiros (17 horas/aula);
Desenho Urbano:
  • Temática: Paisagem Urbana;
  • Técnicas Principais: grafite, nanquim;
  • Fundamentos Principais: percepção espacial (leitura de formatos, relações e proporção), perspectiva;
  • Abordagens: planejamento e ritmo, descrição x sugestão, linha x massa, ponto focal, seleção visual;
  • Duração: 1,5 dias (10 horas/aula);
Desenho de Vegetação:
  • Temática: Vegetação e Paisagismo;
  • Técnicas Principais: grafite, nanquim / técnica livre;
  • Fundamentos Principais: desenho com lado direito do cérebro, tipos de linhas e usos, tridimensionalidade;
  • Abordagens: espaço negativo, variação de formato/direção/borda, desenho gestual por camadas;
  • Duração: 3 dias (24 horas/aula);
Veja no flyer abaixo, as datas das próximas turmas:

Em relação aos valores:
O curso de Desenho Artístico de Arquitetura está R$ 540,00 à vista (600,00 em 3x) e o Desenho Urbano está R$ 350,00 à vista.
Fechando os dois juntos, sai por R$ 850,00 em até 2 parcelas.

Apesar do aumento explosivo do dólar (que afeta os materiais empregados), eu mantive os valores antigos ;)

Te convido a entrar em contato comigo para que eu te encaminhe as propostas detalhadas dos cursos. Na minha resposta, seguirá meu telefone caso deseje falar diretamente comigo.
edubajzek@gmail.com

Segue uma foto bacana da ultima aula da segunda turma do curso de Desenho de Vegetação, que voltará novamente no inicio de maio! Divulgarei em breve!


Abraços!

08 março 2016

Exposições Itinerantes Sesi - SP

No segundo semestre do ano passado, fui procurado pelo SESI - SP para participar das Exposições Itinerantes, um programa cultural muito interessante desenvolvido pela instituição. Neste momento, acontecem 28 diferentes exposições em todo o estado de São Paulo. Vou participar com duas: "Desenho Urbano" e "Traço e Música".
A primeira reúne uma coleção de sketches e desenhos elaborados totalmente 'on site', e a segunda reúne peças relacionadas à apresentações musicais, como pocket shows e grandes concertos, feitos 'ao vivo' ou em estúdio. São cerca de 10 anos de trabalhos realizados em sketchbooks.
Como o próprio nome nos diz, o local das exposições irá variar, durante praticamente o ano todo.

Neste momento estão acontecendo simultaneamente duas delas:

Desenho Urbano, no SESI - Santos, de 01 a 27 de março, diariamente das 09 às 17:00hs.
Traço e Música, no SESI - São José dos Campos, de 01 a 27 de março, terça a domingo, das 08 às 20:00
Veja os flyers abaixo com mais informações!

Em abril e maio, estarão em Indaiatuba e Piracicaba, respectivamente.
Assim que eu conseguir visitar uma delas, posto as fotos aqui.

Aproveito para agradecer à Diana Vaz de Jesus, analista de projetos culturais, e toda a equipe do SESI pelo convite e cuidado que tiveram com a exposição. Obrigado!

Até breve.

01 março 2016

Painel com Desenho da Avenida Paulista

Semana passada foi conhecer o resultado da aplicação de um desenho meu na recepção da construtora Cáucaso, em São Paulo. A sede da construtora fica na Av. Paulista, o tema do desenho.
A arquitetura é muito interessante, elegantemente despojada. Me chamou a atenção a parede de tijolos e a iluminação.
O painel ficou muito legal. A impressão ficou excelente e a dobra do painel na parede que a arquiteta Julia Dante Petto foi uma sacada muito bacana.
Adorei!
Meus desenhos estão à disposição para este tipo de trabalho. Eu fornece o arquivo em alta resolução e estudo a proporção do painel na parede para o cliente.

Abraços!

22 fevereiro 2016

Nova Turma do Curso de Vegetação


O Curso de Vegetação do Bajzek foi inaugurado no dia 13 de fevereiro! Já tivemos as duas primeiras aulas e foi muito bacana colocar em prática meses de preparação.
Ficou mais claro para mim agora observar que o curso é, no fundo, um curso de Desenho, com "D". O motivo é que são abordadas questões universais de desenho, como variações de linhas, formatos, bordas, espaços negativos, trabalho em camadas de informação, etc. O tema é o veículo para falarmos desses aspectos.
Talvez seja importante salientar, mais uma vez, que este não é um curso de representação gráfica de paisagismo. Meu intuito não é fornecer modelos prontos de plantas (não que isso não seja importante também), mas ajudar no processo de construção de qualquer espécie, através da leitura da referência e mecanismos práticos, como agrupamento, tridimensionalidade, identificação por sugestão, etc. Parece complexo, mas não é. Essas abordagens são transmitidas em exercícios práticos e graduais.

Em Março teremos nova turma! Dias 05, 12 e 19!
Veja o flyer abaixo.

Os valores continuam iguais, e a promoção de inauguração do curso permanece. Veja nesta postagem.
Solicite informações e se inscreva neste email: edubajzek@gmail.com


25 janeiro 2016

50º Sketchcrawl em Sao Paulo

Neste último sábado aconteceu o 50º Sketchcrawl, realizado no centro de SP, no coração da cidade.
Cheguei atrasado, mas ainda encontrei o arquiteto Mateus Rosada desenhando um panorama da praça da Sé. Sentei-me ao lado dele e fiz dois sketches bem rápidos e despretensiosos. Ainda não foi dessa vez que fiz um desenho à altura da catedral. Precisarei de tempo para conseguir tal feito.

Segui para o Páteo do Colégio, onde se encontrava o grupo de cerca de 40 sketchers. Fiz uma rápida aquarela do Monumento "Glória Imortal aos Fundadores de São Paulo", de Amadeo Zani.
Depois do delicioso almoço no restaurante "Piero", voltei com 2 colegas ao Páteo, onde fiz mais um desenho, tendo como tema um magnifico edifício situado na esquina da Praça da Sé (se alguém encontrar informações sobre o edifício por favor me passe! *** O colega Mateus Rosada acabou de me ajudar nessa: Edifício Rolim, projeto de 1927-1928, de Hippolyto Gustavo Pujol Júnior - Obrigado Mateus! ).
Já fui em muitos eventos como esse, sendo o primeiro em janeiro de 2009. Já houve, pro exemplo, um Sketchcrawl no páteo do colégio, em 2010, como você pode ver neste post.
Passados 6 anos, escolhi os mesmos temas. Durante o inicio da execução do desenho do edificio, me ocorreu que talvez eu fosse mais ousado, ou até melhor, em 2010."Será?" Me perguntei. Dessa vez eu sentia insegurança ao traçar as linhas. Fiquei meio impaciente ao notar, logo no inicio, que a construção não caberia na altura da página. Uma pena. Mesmo assim, insistentemente, segui o percurso de arestas e vazios, colunas e janelas.
O mesmo edifício, retratado em 2010

O resultado foi bom, gostei muito. Mas terei que voltar, pois quero chegar com esse colosso ao nível da praça.
Para fechar, andei pensando na importância social que o desenho, e mais precisamente o Urban Sketchers, pode ter: quantas pessoas são 'pescadas' dos seus mares de separação, atraídas pelo estranho 'obstáculo' que nos transformamos ao sentar nas ruas da cidade?
Quantos olhares curiosos captamos?
Quanto beleza é desenterrada em meio ao cotidiano amortecido?
Quantos elogios recebemos?
Quanta generosidade...gerada por um simples ato de ocupar o espaço urbano através do veículo que todos um dia pilotaram: o desenho!
E obrigado aos seguranças do Tribunal de Alçada Cível, pela água gelada a nós oferecida.
O edifício do tribunal, retratado há alguns anos atrás.